sexta-feira, 13 de agosto de 2010

II trail noturno de Obidos

- Cá estou eu de volta... após quase um mês de férias e de poucos treinos... regressei e de que maneira, uma Maratona na montanha, ao fim do dia que se prolongou por umas longas 4:25', foi difícil mas atingiu-se o objectivo, que era chegar ao fim, antes de amanhecer...

- Chegamos por volta das 17:00, eu e a minha companheira, de luta, levantamos os dorsais e fomos (re)visitar esta linda Vila e aproveitar para comprar-mos algumas doçarias regionais e tirar algumas fotos, para mais tarde recordar...

- Chegou a hora de equiparmos e dirigirmos para a zona do início da prova, mas antes disso a foto da praxe, onde dentro de pouco tempo iria ser feito o briefing sobre a prova...

- Aqui, todos já com alguma ansiedade, estava-se a aproximar a tão desejada hora de partida...
Essa só simbólica, dentro das muralhas e viemos para a entrada da Vila, onde aí sim... foi dado o tiro de partida, pelo Sr. vereador do pelouro da cultura...
- Após a esse tiro de partida, lá fomos nós... eu tinha 42 km pela frente, até regressar de novo à zona do secretariado, onde estava a meta instalada, não sabia se conseguiria chegar ao fim e em que tempo... a minha companheira, optou por uma distância mais curta, 22 Km.
Aqui vai ela cheia de vontade...
- Passado algum tempo, surgiu o 1º. abastecimento, cerca de 1/4 da prova já tinha ficado para trás e as forças ainda eram muitas e lá continuei com muita vontade, ainda se via uma ponta do sol, lá ao fundo, por cima da lagoa, tal como nós ele também corre, tinha que ir para o outro lado, dar luz e calor a outros... por volta dos 12 km havia uma indicação, os que iam para os km 22, voltavam à esquerda... e os outros seguiam em frente, contornavam toda a lagoa, até à praia da Foz do Arelho, zona que não conhecia, mas muito bonita... e sem grandes dificuldades para correr... Até que...

... chegou o 2º. abastecimento, metade, já estava e não achei difícil, mas a partir daí, sim começou a doer... primeiro na praia (areia solta), começava a escurecer, depois subir umas dunas bastante elevadas com alguns arbustos e raízes soltas, iam começando a faltar as forças, os caminhos (trilhos) cada vez eram mais difíceis, com muita areia, mas lá se fazia o que se podia... os kms foram passando e as horas também, não sabia que horas eram, nem há quanto tempo andava a correr... mas estava a gostar...
- Depois o 3º. abastecimento, sólidos e líquidos, não se pode perder muito tempo e temos que continuar, a noite cada vez era mais escura e eu mais cansado... como isso não bastasse, perdime eu e outro amigo e ali andavamos para baixo e para cima a tentar encontrar novamente o caminho certo... mas nada, até que chegou um grupo com cerca de cinco ou seis companheiros e lá andavamos para cima e para baixo e nada de encontrar-mos o caminho certo, bem com tudo isto, passou cerca de meia hora, até que vimos umas luzes e gritamos se o caminho era por alí e lá voltamos para trás novamente para recomeçar, a partir daí, se estava difícil então ainda ficou mais difícil, fui-me um bocado abaixo, fisica e psicologicamente... começaram a aparecer as primeiras caibrãs e dores nos joelhos, o piso era muito rijo, à minha frente só se viam luzinhas, pareciamos "pirilampos", ...
- Por último, o abastecimento mais desejado, só faltavam cerca de 8 ou 9 kms, tinha que ter forças para chegar ao fim, as pernas é que mandavam na cabeça, só corria o que elas deixavam, mesmo que quizesse ir mais depressa, não conseguia, só andar... até ganhar forças para o último folego, porque as luzes do castelo eram já ali... mas ainda faltava mais uma subida e só depois a tão desejada entrada para as muralhas... era a meta...
Após 04:25'43''... 32º. na geral - cheguei sem forças... e cheio de sede...
- A minha chegada e em baixo a tentar matar a sede e o cansaço... estava de rastos...


- Fiquei feliz por ter chegado ao fim... e até para o ano...
A minha companheira chegou ao fim dos 22 Km com o tempo de 02:33'49''-46º. na geral.
Veja aqui as classificações:

1 comentário:

José Xavier disse...

Foi uma excelente prova.
Pela 1a vez participei num Trail e gostei muito.

Um abraço
José Xavier
http://josexavier1.blogspot.com