domingo, 19 de fevereiro de 2017

Ultra Trilhos Rocha da Pena

Foi no dia 07 de agosto do ano passado que se realizou mais uma edição da ULTRA TRAIL ROCHA DA PENA, na distância de 50km, com um acumulado positivo de 2260m e sob um elevado calor em plena Serra do Algarve...
Prova organizada pela ATR - Associação Algarve Trail Running, pela ACS - Associação  Cultural de Salir, Secção de Mototurismo com o apoio da junta de frequesia de Salir e União de Freguesias Querença/Tôr/Benafim e Câmara Municipal de Loulé. 
Deslocação para o local da prova na véspera, passar a noite no pavilhão (solo duro), tentar descansar e acordar cedo, para de manhã estar bem fresquinho porque o dia, esse vai aquecer... 
E pelas 06:30 lá estava eu já equipado na companhia de vários amigos do trail, no Complexo desportivo de Salir, local onde estava instalado  o secretariado e onde  se iniciavam  e terminavam as diversas provas e onde funcionavam todos os serviços antes e pós prova... tudo muito bem estruturado... só pena o abastecimento final para os participantes dos 50 km já não haver grande coisa que se mastigasse... enfim são pormenores.
Em relação ao percurso, só por si já se adivinhava que iria ser muito dificil, quanto mais nesta altura do ano em pleno verão no seu esplendor.
Muitos abastecimentos e muitos pontos de água para nos refrescarmos e na falta de água nos bidons,  havia que encher mesmo com essa que era para nos refrescarmos... costuma-se dizer o que não mata engorda, mas continuar sem água é que não podia ser, nem que fosse só para lavar a cara e a boca...
No meio da prova tivemos ainda mais um teste a a subida da morte e que subida...

Consegui terminar com o tempo de  06.04', 18º. da geral e 2 do escalão  M/50.
No final tivemos direito a um mergulho na piscina municipal, que bem que soube...
Até agosto de novo e que esteja calor como é habitual nessa época...

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Ultra Maratona Atlântica - Melides Troia

Ultra Maratona Atlântica Melides -TróiaFoi nesta data que se realizou mais uma edição da Ultra Maratona Atlântica - Melides Troia, na distância de 43 km, efetuados em pleno areal na costa Vicentina.
Organização a cargo da Camara Municipal de Grandola e inicio marcado para as 09:00, na praia de Melides.
Fui levantar o dorsal e vim assim ... já lá não estava.
Pelas 08:00, lá estava eu para levantar o meu dorsal, azar do caraças, já alguém, por engano o tinha levantado, embora no regulamento disse-se que para se levantarem os ditos cujos era necessário um documento identificativo para se comprovar a identidade e só  depois se dá o dorsal, isto só mesmo no papel.
Após alguns apelos por parte da organização, para quem por lapso, levantou um dorsal indevidamente o restitui-se à organização e pelas 08H45 já o mesmo estava onde devia estar... pendurado na minha camisola - Fisio Massagem.
Como nesta época estou de férias lá fiz uns kms para estar presente em mais uma grande aventura, em pleno Verão.
Pelas 09;00 foi dado o sinal de partida, como sempre os primeiros kms foram para aquecimento e adaptação à areia solta, pior fase da corrida, escolho o caminho, junto à agua ou mais em cima para não molhar os pés, muita areia solta e correr torna-se dificil...
Passagem pelas praias, Aberta Nova, Galé, Pego e Carvalhal seguindo-se até à Comporta, onde estava instalado o abastecimento.
A partir da praia da Comporta e passando pelas prais, Atlantica, Tróia Galé, Bico das Lulas, Tróia e Tróia Galé, até aqui o piso passou a ser melhor, mais rijo pelo que já dava para correr...
Até à Comporta as praias por onde íamos passando, encontravam-se praticamente vazias, só mesmo alguns familiares a aplaudirem os seus, a partir daqui e devido à hora já mais tardia, já se encontrava muita gente nas praias, muitas crianças a brincarem junto à água, adultos a jogarem à bola, os kms iam passando o calor apertava e o cansaço apoderava-se dos atletas, muita gente a aplaudir e a incentivarem os participantes e assim cheguei à tão desejada meta instalada na praia Bico das Lulas, em Tróia.
Após 03.53 de prova, finalmente o descanso e recuperação...
Melão, melancia , uvas, coca cola, ice tea, água e cerveja, nada faltou para a hidratação dos atletas...
Veja aqui os resultados